Belém

PA – Belém. Ilha do Marajó, uma ilha de fauna e flora da amazônia

Seguindo de barco de Belém para Ilha do Marajó PAA Ilha do Marajó e a maior ilha fluviomarinha do mundo, banhada pelo oceano Atlântico e pelos rios Amazonas e Tocantins ela se dividide em 12 municípios, formando um cenário perfeito para quem queriser conhecer as matas, rios, campos, mangues e igarapés desse pedaço de selva amazônica.

Pra chegar até esse pequeno paraiso, tomamos a barca no porto de Belém e navegamos por certa de 3 horas até chegarmos ao porto de  Camará – Salva Terra. Continue a ler »PA – Belém. Ilha do Marajó, uma ilha de fauna e flora da amazônia

PA – Belém. Passeio de Barco pelo igarapé e a vida dos ribeirinhos

Com a cidade de Belém atraz de nós, seguimos de canoa para o igarapé Combú - Belém PAQuem imaginaria que em plena metrópole paraense é possivel ter uma experiência turística única: conhecer a rotina de moradores ribeirinhos, navegar de canoa pelos igarapés, conhecer árvores amazônicas e experimentar alguns dos seus frutos.

Pois foi isso que fizemos.

Quem nos recebe num pequeno porto da Praça Princesa Isabel é a Prazeres (ou Neneca, para os mais chegados). Embarcamos num barquinho a motor e fomos para a outra margem do rio, para atracarmos no Restaurante Saldosa Maloca, na Ilha do Cúmbu (SaLdosa com L mesmo). De lá, embarcamos uma canoa de um pau só, também conhecida como ubá.Continue a ler »PA – Belém. Passeio de Barco pelo igarapé e a vida dos ribeirinhos

PA – Belém. Os parques com fauna e flora nativas que são preservados em pleno centro urbano

Vista do mirante do Mangal das GarçasBelém é considerada a metrópole com maior concentração de áreas verdes do Brasil. Temos que concordar com isso porque foi o que constatamos ao passear pelas ruas aproveitando as sombras das inúmeras Mangueiras plantadas ao longo das ruas e avenidas, das inúmeras praças e dos belos parques por onde passeamos.

Mangal das Garças

Localizado às margens do rio Guamá, em pleno centro histórico de Belém do Pará, o parque ecológico é resultado da revitalização de uma área de 40.000 m², uma síntese do ambiente amazônico no coração da capital paraense, onde se pode conhecer e desfrutar as matas de várzea, os animais da região e mais de trezentas espécies de árvores nativas plantadas. Uma natureza recriada que só vai estar pronta de fato daqui a 15 ou 20 anosContinue a ler »PA – Belém. Os parques com fauna e flora nativas que são preservados em pleno centro urbano

PA – Belém. Icoaraci, o bairro da arte marajoara

Cerâmica Marajoara - Belém PAA Cerâmica Marajoara é única no mundo. Fruto do trabalho dos índios que viviam na Ilha de Marajó (a maior ilha fluvial do mundo, cercada pelos rios Amazonas e Tocantins, e pelo Oceano Atlântico)

O maior acervo de peças de Cerâmica Marajoara, que foram descobertas ao longo dos anos em sítios arqueológicos, está no Museu Emilio Goeldi em Belém-PA.Continue a ler »PA – Belém. Icoaraci, o bairro da arte marajoara

PA – Belém. Estação das Docas e o famoso passeio de barco “Orla ao entardecer”

Estação das Docas - Belém PAO antigo porto de Belém foi revitalizado e hoje é conhecido como a Estação das Docas.

O lugar é encantador, une atividades culturais, gastronomia e boemia, além de ser mais um ponto turístico da cidade. São ao todo 32 mil metros quadrados divididos em três armazéns e um terminal de passageiros: Armazém 1 Boulevard das Artes, Armazém 2 Boulevard da Gastronomia e o Armazém 3 Boulevard das Feiras e Exposições

O processo de restauração do antigo armazém manteve intocada a bela estrutura em ferro inglês, apesar das novidades como janelas de vidro e ar-condicionado. Na área externa, o espaço oferece um calçadão com 500 metros de extensão margeando a baía, perfeito para apreciar o cenário durante uma boa caminhada.Continue a ler »PA – Belém. Estação das Docas e o famoso passeio de barco “Orla ao entardecer”

PA – Belém. Ver-o-peso, considerada a maior feira livre da América Latina

Mercado Ver-o-Peso em Belém PAO Complexo Ver-o-Peso é a maior feira livre da América Latina e está entre as 7 Maravilhas do Brasil.

Localizado na área da Cidade Velha, às margens do rio Guarajá, foi construído em 1625, quando a Coroa Portuguesa resolveu taxar as mercadorias que vinham do interior da Amazônia, batizando o local como a Casa do Haver-o-Peso.

No final do século19, o local sofreu uma série de modificações para se adaptar às necessidades e gostos da Belle Époque que influenciou toda a aquitetura de Belém.Continue a ler »PA – Belém. Ver-o-peso, considerada a maior feira livre da América Latina

PA – Belém, uma metrópole na amazônia

Palacete Bologna - Belém PAConhecida como “Metrópole da Amazônia”, Belém é o segundo maior destino de turistas na Amazônia e se vangloria por possuir a melhor qualidade de vida do Norte-Nordeste do Brasil.

Em seus quase 400 anos de história, Belém vivenciou momentos de plenitude, como o período áureo da borracha, no início do século XX, quando o município recebeu inúmeras famílias europeias. Isso sem dúvida influenciou muito a arquitetura local, ficando conhecida na época como a “Paris n’América”.

Hoje, apesar de cosmopolita e moderna em vários aspectos, Belém não perdeu o ar tradicional das fachadas das belas igrejas e capelas do período colonial e dos seus inúmeros casarões, palácios e palacetes. Muitos estão sendo restaurados ou revitalizados por seus proprietários em troca de benefícios no IPTU. Iniciativa louvável do poder público para a preservação do patrimônio cultural.Continue a ler »PA – Belém, uma metrópole na amazônia